Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘saia justa’ Category

algo de hilário…

Já falei que na volta da viagem comprei algumas revistas de decoração. Mas não é que as melhores dicas eu encontro em uma revista que o maridex comprou para ele, a Money!

São duas, que publicarei hoje e amanhã, tá? Achei super engraçado encontrar conteúdo para o blog em uma publicação exclusivamente financeira…hilário!
Minha tradução livre – para ler o original, clique e amplie a imagem:
Minha sogra pode pegar de volta as pinturas que nos deu?
Há alguns anos, minha sogra deu à meu marido e a mim um par de pinturas (quadros) pertencentes aos bisavós dele. Eles estão expostos em nossa casa e nós gostamos muito deles. Mas agora a sogra quer as pinturas de volta para doá-los ao museu local que está celebrando o seu centenário. O que devemos fazer?
Primeiro, respire fundo e diga não a ela.
Só porque algo é uma herança familiar, não quer dizer que o antigo dono ainda tenha direito sobre o objeto quando ele é passado para a geração seguinte. Ratificando, agora o objeto tem um novo dono que só tem a obrigação de respeitar os seus ancestrais. Então, a não ser que a sogra tenha dito à vocês que estava emprestando as pinturas a vocês e não dando, as pinturas são suas e ela não pode se dar ao luxo de dá-las novamente uma segunda vez.
Você sabe, sogra é sogra e falar “não” certamente não é uma tarefa das mais fáceis.Por isto, pense nesta saída. Fale para seu marido conversar com a mãe argumentando que estes tesouros familiares são muito queridos por ele e que eles não gostaria de desfazer-se de tão boa lembrança. Mas que ele gostaria muito de contribuir com o museu emprestando as obras para a comemoração do centenário da instituição.
Mas lembre-se de conduzir toda a negociação com o museu diretamente, colocando que as obras são de vocês, e não dela.
Isto já aconteceu comigo. Não com obras de arte, note bem.
Como solucionamos? Com uma pergunta direta do maridex à sua mammy: “Mas você deu ou não deu?” Hilário!
Beijocas
Anúncios

Read Full Post »

algo de hilário…

Já falei que na volta da viagem comprei algumas revistas de decoração. Mas não é que as melhores dicas eu encontro em uma revista que o maridex comprou para ele, a Money!

São duas, que publicarei hoje e amanhã, tá? Achei super engraçado encontrar conteúdo para o blog em uma publicação exclusivamente financeira…hilário!
Minha tradução livre – para ler o original, clique e amplie a imagem:
Minha sogra pode pegar de volta as pinturas que nos deu?
Há alguns anos, minha sogra deu à meu marido e a mim um par de pinturas (quadros) pertencentes aos bisavós dele. Eles estão expostos em nossa casa e nós gostamos muito deles. Mas agora a sogra quer as pinturas de volta para doá-los ao museu local que está celebrando o seu centenário. O que devemos fazer?
Primeiro, respire fundo e diga não a ela.
Só porque algo é uma herança familiar, não quer dizer que o antigo dono ainda tenha direito sobre o objeto quando ele é passado para a geração seguinte. Ratificando, agora o objeto tem um novo dono que só tem a obrigação de respeitar os seus ancestrais. Então, a não ser que a sogra tenha dito à vocês que estava emprestando as pinturas a vocês e não dando, as pinturas são suas e ela não pode se dar ao luxo de dá-las novamente uma segunda vez.
Você sabe, sogra é sogra e falar “não” certamente não é uma tarefa das mais fáceis.Por isto, pense nesta saída. Fale para seu marido conversar com a mãe argumentando que estes tesouros familiares são muito queridos por ele e que eles não gostaria de desfazer-se de tão boa lembrança. Mas que ele gostaria muito de contribuir com o museu emprestando as obras para a comemoração do centenário da instituição.
Mas lembre-se de conduzir toda a negociação com o museu diretamente, colocando que as obras são de vocês, e não dela.
Isto já aconteceu comigo. Não com obras de arte, note bem.
Como solucionamos? Com uma pergunta direta do maridex à sua mammy: “Mas você deu ou não deu?” Hilário!
Beijocas

Read Full Post »