Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘cozinha’ Category

>cozinha da casa

>

É assim: há algumas semanas estou na correria com o lançamento da revista e preparativos desta cozinha.
Mas ontem, tudo nasceu. 
Revista à venda nos estandes do Peter Paiva, Rosely Ferraiol, Scrap Sampa e Atelie do Vlady na Mega – Artesanal – e em 14 de Julho nas bancas e assinaturas via Orbis Editora.
E a cozinha aberta ao público, na Mega Artesanal.
Foi uma emoção grande, fiquei muito feliz com o resultado e agora mostro uma geral do ambiente (acima) e alguns detalhes fofos ;-)
Clara Camargo, Janaina Suconic, Flávia Ferrari
Aqui somos nós, as três mosqueteiras responsáveis por criar a cozinha: Clara Camargo, minha companheira de Bem Simples, Janaina Suconic, chef pastisser responsável pelas delícias da nossa cozinha, e eu.
As meninas foram um presente: nos entrosamos tão bem, mas tão bem, que ninguém acredita que nos conhecemos há somente 3 semanas ;-)
Na foto, estamos na mesa da cozinha, by Oficina de Acervos.
O armário, todo revestido em papel de scrapbooking by Scrap Sampa, é uma das grandes vedetes do ambiente. Todo mundo quer ver, tocar!
Aqui são os bolo-vaso feitos pela Janaina Suconic – não são M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O-S?
Aqui, é um lugar  para que todos deixem seus recadinhos sobre a cozinha. Móveis da Particolare Casa.
Ontem eu tive até visitas!
Adinoela, do Espaço Receber, e a Claudia, da La Calle Florida, nossa super apoiadora!
E a minha super amiga querida Fátima, da Gamela Presentes.
Olha só a carinha das pessoas ao entrarem na cozinha. Bacana, né?
Espero sua visita ;-)
Beijo grande
Anúncios

Read Full Post »

>flores da minha cozinha

>

Este é um cantinho charmoso que estou construindo na minha nova cozinha.
Mas poderia chamá-lo de cantinho sentimental porque todas as peças que o estão compondo tem uma história, uma memória.
Nele coloquei minha plaquinha filetada, que comprei em Buenos Aires quando fui gravar a primeira temporada do Faça em Casa, recordando como esta história de TV entrou em minha vida.
Junto vieram pousar o fio de passarinhos revestidos em tecido que a querida Marianne Rogatto me deu nesta temporada do programa – quem ainda não conhece o trabalho da Mari não sabe o que está perdendo. Clica no link e pula logo para a página dela ;-)
E, para finalizar, os dois quadros florais de bastidor que eu fiz – e apresentei nesta temporada.
Ou seja, mais uma parede cheia de recordações para a minha casa das histórias!
Uma beijoca.
Ah! Se você se animou e também quer fazer estes quadrinhos, o link do Bem Simples traz o passo a passo por escrito e os moldes.

Read Full Post »

>bem azeitado

>

Azeite de oliva na cozinha vem se tornando um item quase que obrigatório.
É mais saudável, faz bem ao coração, acaricia o paladar… os adjetivos são infinitos – e eu concordo com a maioria deles ;-)
Por isto que o azeite aqui de casa ganhou “um carinho a mais”: uma garrafa toda estilosa para acomodá-lo. Porque apresentado desta forma, além de trazer todos os benefícios do azeite de oliva para a minha mesa,  ele traz também beleza e estilo.
E para ter um toque a mais que tal aromatizar o azeite?
A Ana Maria Braga coloca uma receita aqui e neste link seguem mais 29 receitas.
Porque um belo pão, com azeite sal e ervas é uma delícia.
E o que mais?
Uma receita de petisco minha, vapt vupt, para começar bem o final de semana: petisco 1,2,3!
Beijo grande

Read Full Post »

>herança

>

Por mais evoluída que seja a arte de cozinhar, por mais apetrechos modernos, tecnológicos e siliconizados que apareçam, uma colher de pau é sempre necessária.

Sim, já ouvi dizer que nela podem se acumular bactérias e outros maus elementos.
Sim, ela fica queimada com o uso.
Mas para mim ela é lei.
De quando em quando, assistindo a programas de culinária ouço a televisão dizer: ” Agora, pegue uma colher de pau…” (e aí acho que não sou a única que penso assim)

Não sou gourmet profissional nem chef, apenas me arrisco em receitas que me seduzem.
Cada vez mais me sinto encantada pelo fogão, seus aromas e temperos e seus recheios doces.
E por isto tenho uma lata cheia de colheres de pau – e uma de bambu (mais “moderna“, digamos assim) – postada entre a pia e o fogão – o feng shui diz que é preciso ter a madeira entre a água e o fogo para que esta não apague a prosperidade (tem uma postagem linda da Hazel a respeito) .


Também me lembro de uma história que presenciei, com uma amiga da minha mãe. 
Ela havia casado com um senhor viúvo e assumido os três filhos do casamento anterior antes de ter sua cria “própria”. O tempo passou entre turbulências e bonanças – como a vida de todos nós – e em uma determinada altura do campeonato a filha mais nova decidiu tomar as rédeas da vida em suas próprias mãos e foi morar junto com o então namorado. 
A família ficou escandalizada, em especial a tal amiga da minha mãe. 
Em uma confusão de sentimentos, na saída da moça, a madrasta a presenteou com a colher de pau da mãe da menina para que ela estabelecesse sua casa e sua cozinha no alicerce da tal colher.
Achei simbólico e sempre fico com esta história em minha cabeça.

Tanto que logo que pude, fui à casa do meu pai roubar a colher de pau preferida da minha mãe.

Eu a trouxe aqui para casa, para dar um toque de família aos meus pratos, apesar de deixá-la quase cem por cento do tempo nas mãos da cozinheira.

Hoje, para preparar a postagem, roubei a colher novamente.

Da cozinha para o meu escritório.
E aqui ela ficará.

Com seu cabo curto, seus riscos e seus queimados, marcas da sua história.

Só sai para preparar pratos comigo, porque dela saem os melhores brigadeiros do mundo (aqueles que estão em minha memória afetiva).
E porque ela é minha herança, de fato e de direito.
Beijoca.

Read Full Post »

>quem não fala a verdade…

>

… o nariz cresce!
(ricordo  espirituoso e inteligente da Itália – que fica em minha geladeira lembrando de que a verdade é lei!)
Beijoca

Read Full Post »

você é retrô?

Ontem li no Estadão uma matéria sobre o que será a nova “cara” da linha branca (fogões, geladeiras, máquinas de lavar louça…) para a indústria. Enquanto alguns alguns apostam em linhas retas, simples e cores modernas (grafite, preto, inox) há uma parcela que aposta no saudosismo e nas cores fortes do retrô.
Acredito que este seja um grande desafio para aqueles que tem como ofício adivinhar o futuro, pois o que mais e mais eu vejo é a diversidade.
Para mim, a era da massificação já passou e  as pessoas agora buscam expressar sua personalidade em tudo o que fazem e consomem. O “fazer com as próprias mãos” aparece com tudo e o pessoal da indústria quebra a cabeça para assimilar este turbilhãos de novas tendências no ar.
Para mim é a marca de uma nova postura do produzir e consumir.
Mas voltando aos eletrodomésticos… eu tenho paixão pelos retrôs. Caso fosse mudar minha cozinha agora iria apostar neles com certeza. Mas acredito que o bacana é mesclar e surpreender como mostram algumas das imagens abaixo.
O retrô por excelência: azul clarinho total! Só falta uma musiquinha anos 50.
Esta tem uma pegada super bacana: geladeira laranja com fotos e ao fundo cadeiras Eames modernas (ou melhor, clássicas) convivendo em harmonia.
Para mim, esta mostra que o moderno e o antigo podem conviver super bem juntos!
E esta coloca o refrigerador antigo tão limpo, tão clássico que parece uma brisa do mar.
Mas você sabe que eu sou uma curiosa mór, não é mesmo? Então conta para mim, rapidinho clicando em uma das alternativas qual é o seu conceito de cozinha: é só uma pergunta.
Porque, honestamente, eu acho não vai ter uma tendência dominante. Vai só reafirmar que tem vários gostos convivendo pacificamente por aí.

Pensando sem restrição de espaço nem monetária como seria sua cozinha dos sonhos?

Moderna, com equipamentos em inox, cores sóbrias

Com ar retrô, com fogões e geladeiras coloridos

Clean e convencional, apostando no branco que é eterno

Mistrurando vários estilos, mesclando peças modernas e retrô

Beijoca

todas as imagens são da Big Chill

Read Full Post »

arranjo hidropônico

O que fazem as verduras em cima da pia?Enfeitam?
Sim, e também são conservadas fresas.
São verduras hidropônicas – cultivadas na água.
Para manter as folha lindas até o consumo nada melhor do que deixá-las em seu ambiente.
A dica: transformar copos vazios de requeijão em “vasinhos”.
Nada melhor do que uma cozinha cheia de vida, não concordam?
Beijoca

Read Full Post »

Older Posts »