Feeds:
Posts
Comentários

Archive for novembro \28\UTC 2008

Olá a todos!
Tive uma semana atribulada e curta – será que me roubaram alguns dias e eu não vi?
Na verdade, maridex viajou e tive uma série de coisas acontecendo.
A melhor foi hoje. Recebi o álbum com o acompanhamento escolar da pequena. Na abertura havia uma mensagem que divido agora com vocês bem como o vídeo da música que a acompanhou durante este ano. Minha sugestão é para que ouçam a música enquanto leiam.
Eu não páro de chorar…
Os posts natalinos continuam na próxima semana. Ah! Este é o último final de semana de inscrição na Ciranda Natalina. Quem quiser saber mais, clique aqui.
Segue o texto. Bom final de semana e um grande beijo a todos!

“O passado é um conceito que às vezes precisamos materializar,
e a memória não é apenas pensamento,
ela precisa do orgânico, do físico, do material.
Percorre certos circuitos neurológicos e, para ativá-los,
às vezes é bom ter suportes-
uma pedra, uma jóia, um pedaço de papel, uma flor seca, uma foto…
Todos estes pequenos objetos, as quinquilharias a que nos apegamos
porque representam um momento especial de nossa vida.
Mas, à maneira de Magritte, poder-se-ia dizer que a pedra não é uma pedra,
assim como o anel não é um anel,
nem a flor é uma flor…
São bem mais que isso:
um vínculo com instantes felizes cuja marca queremos conservar,
como que para provar que não sonhamos.”
(Marcel Rufo)
Anúncios

Read Full Post »

Olá a todos!
Tive uma semana atribulada e curta – será que me roubaram alguns dias e eu não vi?
Na verdade, maridex viajou e tive uma série de coisas acontecendo.
A melhor foi hoje. Recebi o álbum com o acompanhamento escolar da pequena. Na abertura havia uma mensagem que divido agora com vocês bem como o vídeo da música que a acompanhou durante este ano. Minha sugestão é para que ouçam a música enquanto leiam.
Eu não páro de chorar…
Os posts natalinos continuam na próxima semana. Ah! Este é o último final de semana de inscrição na Ciranda Natalina. Quem quiser saber mais, clique aqui.
Segue o texto. Bom final de semana e um grande beijo a todos!

“O passado é um conceito que às vezes precisamos materializar,
e a memória não é apenas pensamento,
ela precisa do orgânico, do físico, do material.
Percorre certos circuitos neurológicos e, para ativá-los,
às vezes é bom ter suportes-
uma pedra, uma jóia, um pedaço de papel, uma flor seca, uma foto…
Todos estes pequenos objetos, as quinquilharias a que nos apegamos
porque representam um momento especial de nossa vida.
Mas, à maneira de Magritte, poder-se-ia dizer que a pedra não é uma pedra,
assim como o anel não é um anel,
nem a flor é uma flor…
São bem mais que isso:
um vínculo com instantes felizes cuja marca queremos conservar,
como que para provar que não sonhamos.”
(Marcel Rufo)

Read Full Post »

a árvore

Bom dia a todos! Tudo em ordem?

Ontem foi uma correria aqui em casa, nem liguei o micro… e quando faço isto me sinto pela metade. Mas hoje segue o post natalino recheado de fotos, com a árvore de Natal.
Como comentei, montei a árvore com a pequena. Todos os enfeites da base foram colocados por ela, e alguns significados foram adicionados à eles. Além de tudo utilizei enfeites que eram da minha mãe, promovendo um “encontro de gerações” decorativo. Adorei e divido esta experiência aqui com vocês, mas também acredito que este registro é muito importante para mim.
Como dá para ver, não é uma árvore padronizada, com todos os enfeites iguais – e para mim, nem poderia ser assim, pois casa enfeite pendurado tem uma história a contar, uma lembrança a trazer. Então, seguem as imagens, que explicam tudo – e mais um pouco ;-)Beijoca
Estes são enfeites maiores que comprei na 25 de Março – Rei do Armarinho – dois anos atrás. São poucos, mas dão um volumão à árvore.
Os enfeites em madeira e resina eram da minha mãe. A pequena adorou todos!
Este anjinho eu comprei quando tinha 12 anos, na primeira vez que fui aos Estados Unidos.
Por causa das crianças, não uso bolas de vidro nem nada que quebre porque…
…quem monta a árvore até onde os bracinhos alcançam é a dona pequena, o que pode ser atestado pela grande quantidade de enfeites pendurados todos no mesmo galho de pinheiro ;-)
O meu pisca-pisca também é de azevinhos – que eu adoro! E dá-lhe laços por todos os lados…
Agora a parte mais bonita de toda a história.
Havia dois corações de madeira. Minha filha disse que um era dela e o outro era meu e que cada uma deveria pendurar o seu na árvore. Quando fui colocar o meu, ela me disse: “Aqui, mamãe. Tem que ficar junto com o meu.”
E assim estão. Para sempre.
Também havia somente dois anjos, que a pequena denominou como o anjo da guarda dela e o anjo da guarda do irmão. Assim como os corações, eles também deveriam estar juntos.
Fazendo tudo com significado, e não uma montanha de dinheiro, é que a vida tem cor e valor!

Read Full Post »

a árvore

Bom dia a todos! Tudo em ordem?

Ontem foi uma correria aqui em casa, nem liguei o micro… e quando faço isto me sinto pela metade. Mas hoje segue o post natalino recheado de fotos, com a árvore de Natal.
Como comentei, montei a árvore com a pequena. Todos os enfeites da base foram colocados por ela, e alguns significados foram adicionados à eles. Além de tudo utilizei enfeites que eram da minha mãe, promovendo um “encontro de gerações” decorativo. Adorei e divido esta experiência aqui com vocês, mas também acredito que este registro é muito importante para mim.
Como dá para ver, não é uma árvore padronizada, com todos os enfeites iguais – e para mim, nem poderia ser assim, pois casa enfeite pendurado tem uma história a contar, uma lembrança a trazer. Então, seguem as imagens, que explicam tudo – e mais um pouco ;-)Beijoca
Estes são enfeites maiores que comprei na 25 de Março – Rei do Armarinho – dois anos atrás. São poucos, mas dão um volumão à árvore.
Os enfeites em madeira e resina eram da minha mãe. A pequena adorou todos!
Este anjinho eu comprei quando tinha 12 anos, na primeira vez que fui aos Estados Unidos.
Por causa das crianças, não uso bolas de vidro nem nada que quebre porque…
…quem monta a árvore até onde os bracinhos alcançam é a dona pequena, o que pode ser atestado pela grande quantidade de enfeites pendurados todos no mesmo galho de pinheiro ;-)
O meu pisca-pisca também é de azevinhos – que eu adoro! E dá-lhe laços por todos os lados…
Agora a parte mais bonita de toda a história.
Havia dois corações de madeira. Minha filha disse que um era dela e o outro era meu e que cada uma deveria pendurar o seu na árvore. Quando fui colocar o meu, ela me disse: “Aqui, mamãe. Tem que ficar junto com o meu.”
E assim estão. Para sempre.
Também havia somente dois anjos, que a pequena denominou como o anjo da guarda dela e o anjo da guarda do irmão. Assim como os corações, eles também deveriam estar juntos.
Fazendo tudo com significado, e não uma montanha de dinheiro, é que a vida tem cor e valor!

Read Full Post »

entrando em casa

Bom dia a todos! Tudo bem? Para os paulistanos e demais que usufruiram do dia da consciência negra para ficar em casa (não acredito que isto gere mais consciência em ninguém…): foram bem de feriado?
Bem, eu aproveitei o feriado para arrumar a casa para o Natal em companhia dos pequenos – com a pequena mais ativa do que o irmão, afinal ele tem apenas um ano e ajuda muito – a desarrumar tudo ;-)
Esta data festiva, para mim, fica mais colorida quando temos crianças por perto. Por este motivo, também não arrumo a casa com muita antecedência, para não gerar uma ansiedade desnecessária por muito tempo. Mesmo assim foi uma chuva de “Como o Papai Noel vem?”, “Como ele entra em casa?”, “Ele vai no meu quarto???????(assustadíssima)”, “Como ele vai embora?”, “Onde ele mora?”, “O que tem na casa dele?”… e por aí foi.
Por este motivo, programei uma semana de postagens natalinas, começando pelo meu hall de entrada, pois afinal é por ele que todos entram em minha casa ;-)
Muda-se tudo – confira o antes aqui. Eu tiro todos os meus enfeites para colocar os natalinos, pois A-D-O-R-O Natal! Mesmo!
Tenho um pequeno “trauma” de infância, pois meus Natais sempre aconteciam na casa de uma tia minha, com uma árvore linda, enorme e nunca na minha casa. Agora, que eu tenho a casa, resolvo enfeitá-la bem linda e curtir isto com as crianças. Já tenhei fazer a ceia aqui em casa e tive alguns contratempos, como contei no blog da Claudia… (aliás, não somos as únicas, não é mesmo?)
Voltando ao dècor… uso tudo em verde e vermelho, tradicionalzão. O que justifica a guirlanda de azevinhos – mais tradicional impossível. Sempre quis muito uma destas, mas tive uma grande dificuldade em encontrá-la até o ano passado, quando comprei-a em um bazar que minha vizinha Sandra organiza.
Por causa dos pequenos, tenho muitos Papais Noéis espalhados. E lá estão dois deles recepcionando quem chega.
Agora, dois segredinhos que vocês verão em toda a decoração: o uso de tecidos coloridos (reparem no aparador) e os laços por todos os lados. Sabem por quê? Porque ambos são baratos e dão volume à qualquer arranjo.
Gostaram?
Voltem sempre, porque amanhã tem mais! Beijoca
Olhem os tecidos e os laços aí gente! No canto direito é uma pequena árvore, bem simples e baratinha (R$ 1,99) recheada de lacinhos e algumas bolinhas…
Os azevinhos…
E mais laços e bolas ;-)

Read Full Post »

entrando em casa

Bom dia a todos! Tudo bem? Para os paulistanos e demais que usufruiram do dia da consciência negra para ficar em casa (não acredito que isto gere mais consciência em ninguém…): foram bem de feriado?
Bem, eu aproveitei o feriado para arrumar a casa para o Natal em companhia dos pequenos – com a pequena mais ativa do que o irmão, afinal ele tem apenas um ano e ajuda muito – a desarrumar tudo ;-)
Esta data festiva, para mim, fica mais colorida quando temos crianças por perto. Por este motivo, também não arrumo a casa com muita antecedência, para não gerar uma ansiedade desnecessária por muito tempo. Mesmo assim foi uma chuva de “Como o Papai Noel vem?”, “Como ele entra em casa?”, “Ele vai no meu quarto???????(assustadíssima)”, “Como ele vai embora?”, “Onde ele mora?”, “O que tem na casa dele?”… e por aí foi.
Por este motivo, programei uma semana de postagens natalinas, começando pelo meu hall de entrada, pois afinal é por ele que todos entram em minha casa ;-)
Muda-se tudo – confira o antes aqui. Eu tiro todos os meus enfeites para colocar os natalinos, pois A-D-O-R-O Natal! Mesmo!
Tenho um pequeno “trauma” de infância, pois meus Natais sempre aconteciam na casa de uma tia minha, com uma árvore linda, enorme e nunca na minha casa. Agora, que eu tenho a casa, resolvo enfeitá-la bem linda e curtir isto com as crianças. Já tenhei fazer a ceia aqui em casa e tive alguns contratempos, como contei no blog da Claudia… (aliás, não somos as únicas, não é mesmo?)
Voltando ao dècor… uso tudo em verde e vermelho, tradicionalzão. O que justifica a guirlanda de azevinhos – mais tradicional impossível. Sempre quis muito uma destas, mas tive uma grande dificuldade em encontrá-la até o ano passado, quando comprei-a em um bazar que minha vizinha Sandra organiza.
Por causa dos pequenos, tenho muitos Papais Noéis espalhados. E lá estão dois deles recepcionando quem chega.
Agora, dois segredinhos que vocês verão em toda a decoração: o uso de tecidos coloridos (reparem no aparador) e os laços por todos os lados. Sabem por quê? Porque ambos são baratos e dão volume à qualquer arranjo.
Gostaram?
Voltem sempre, porque amanhã tem mais! Beijoca
Olhem os tecidos e os laços aí gente! No canto direito é uma pequena árvore, bem simples e baratinha (R$ 1,99) recheada de lacinhos e algumas bolinhas…
Os azevinhos…
E mais laços e bolas ;-)

Read Full Post »

Ainda dá tempo…

Gente, ainda estamos dentro do prazo de inscrição da Ciranda Natalina.
Aguardo vocês! Para saber mais, clique aqui!
Um bom final de semana! Beijocas a todos!

Read Full Post »

Older Posts »