Feeds:
Posts
Comentários

a porta pintada

Valer-se de tintas para mudar o astral de um móvel ou um cômodo é fato.
É simples, barato e provoca “aquela” alegria na gente.
Agora olha que bacana o que a Claudia fez: com pouca tinta látex (sim, a mais simples e básica do mercado) ela apenas realçou a parte trabalhada de uma antiga porta dando um aspecto moderno e único ao ambiente.
Sacada esperta e econômica que também faz a nossa alegria, não é mesmo?
Beijoca

numa fria

Eu brinco que quando algo tem que quebrar, ele quebra na sexta feira à noite quando todas as autorizadas acabaram de fechar. De tanto falar, óbvio que aconteceu comigo.
O aquecedor à gás aqui de casa quebrou na sexta à tarde, quando não havia mais salvação à vista até a segunda pela manhã.
A “salvação” era um único chuveiro elétrico que deixei instalado no banheiro do pequeno. Sim, salvação entre aspas porque ele não estava esquentando o suficiente. Encucada, com a ajuda do marido – e sem muitas alternativas – fui abrir o tal chuveiro. Percebi que o eletricista que havia “trocado” a resistência do chuveiro anteriormente tinha deixado um pedaço da antiga resistência queimada dentro do aparelho – o chamado “serviço porco”. Que raiva!
Por isto que o chuveiro não esquentava! Qual a solução? Colocar a mão na massa.
Foi aí que encontrei este vídeo prático, no You Tube, de como trocar uma resistência de chuveiro.
Achei bem didático e bacana, por isto merece lugar aqui.
Porque depois desta, o “tal eletricista” não me pega mais.
Beijocas!

magnum ivoire

Esta semana fui à coletiva de imprensa do lançamento dos sorvetes Magnum Chocolatier feitos com chocolates belga (deliciosos, diga-se de passagem).

O evento foi muito bacana, houve uma degustação de receitas feitas com o sorvete pelo chef patissier Fabrice Le Nud. . 
Uma delas, maravilhosa com mousse de chocolate branco, transcrevo aqui para adoçar o nosso domingo.
Reparem na apresentação diferenciada do sorvete – nunca tinha pensado em uma sobremesa com um picolé ;-)
Beijo grande – e doce para vocês!
Magnum Ivoire, do chef Fabrice Le Nud 
Receita para 10 pessoas 
Ingredientes para mousse de chocolate branco 
150ml de leite 
2 gemas 
30g de açúcar 
15g de amido de milho 
300g de chocolate branco 
2 folhas de gelatina transparente 
700ml de creme de leite 
Modo de fazer 
Misturar a gema e o açúcar, acrescentar o amido de milho em uma tigela. Ferver o leite em uma panela e cozinhar com o conteúdo da tigela. Fora do fogo, acrescente o chocolate branco picadinho, as duas folhas de gelatina hidratadas e derretidas e, finalmente, incorpore delicadamente o creme de leite batido ao ponto de chantilly. 
Montar em um prato com pedacinhos de brownie e calda de caramelo. Misturar e plantar o Magnum Brownie em pé.

na galocha

Quando eu era menor minhas flores preferidas SEMPRE eram os amores-perfeitos.
Não sei se pelo nome, não sei se pelas cores. Mas gostava delas.
E ainda gosto muito (apesar de não ter nenhum exemplar delas aqui em casa, falha grave)
Nesta semana encontrei com a Alessandra Assi, a maga das flores em biscuit.
E ela estava com esta galocha, linda, repleta de amores perfeitos.
Apaixonei e fotografei – nem tinha como ser diferente, não é?

Beijocas

Se você ainda não conhece o trabalho perfeito da Ale, não sabe o que está perdendo.
Clica no link que está no nome dela para ver as maravilhas que esta mulher produz.

mais um pouco…

Olá queridas, como já falei , aqui no atelier só se fala em Natal!!!  

E aqui vai +++ NATAL para vocês !!
Do Lilás ao Pink , tudo se combina!!!
… uma pequena armação de ferro, revestida com tiras de tecido rasgado, fitas de cetim e mais alguns objetos pessoais… dá certo. Pode ser fácil assim e simplesmente lindo!!!
Essa mini árvore pode expressar tantas mensagens boas ! Tanto carinho e tanto afeto !
(…que talvez não estejam presentes em uma imensa árvore de Natal…)
O que vale são as intenções…
A cor você escolhe… aquela que mais lhe agrada, e o que vai colocar ?
Revire o baú …lá deve ter coisas especiais, com muita história e cheia de carinhos…
Pode ser uma bijoux, um coração de crochê que a bisa fez, uma foto, e por aí vai….
Crie a sua arvore de Natal, com a sua historia… da sua família, dos seus amigos queridos…
Invente … vale a pena !!!

Bjks a todas e semana que vem tem mais…
Claudia Regina

lacalleflorida@decoracasas.com.br
e deve ser Natal de novooooooooooo!!!!

sobrepeso

A linda orquídea que eu ganhei da minha amiga e voltou a florescer não aguentou o próprio peso de suas flores.
Quando fui ver, hoje, ela havia se dobrado e não estava feliz. (E por isto também entendi porque as orquídeas são cuidadosamente amarradas e guiadas enquanto crescem)
A solução foi cortar e colocar em um vaso solitário.
Espero que a pequena goste do arranjo quando voltar da escola – porque foi uma invasão totalmente não autorizada!
Beijocas
Adoro risotos! Como bom descendente de italianos, massas, pizzas e risotos fazem parte da minha lista de pratos preferidos. 
Mas vocês sabem o porquê deste delicioso arroz ser chamado assim? Sim, “risotto” significa pequeno arroz e trata-se de uma receita que teve origem na Lombardia, no norte da Itália. 
O grande segredo deste prato está no tipo de arroz utilizado. Trata-se do arroz Arborio ou Carnaroli, que por terem grandes quantidades de amido em suas cascas, deixam a misturam bem cremosa. 
Uma das coisas que mais gosto nos risotos é que eles permitem que utilizemos a criatividade sem limites e praticamente tudo pode ser misturado ao arroz. 
A minha escolha desta semana foi a mistura da acidez do limão siciliano com a cremosidade do queijo mascarpone (aquele mesmo da receita do Tiramisú). 
Ingredientes: 
1kg de arroz arbóreo
150g de cebola
6 unidades de limão siciliano
50g de caldo de frango em pó fervido em 1 litro de água
350g de mascarpone
300g de queijo minas
100ml de vinho branco
50ml de azeite
100g de parmesão ralado
Uma pitada de sal
Tomate cereja a gosto
2- colheres de manteiga gelada ( para dar Brilho)
Modo de preparo: 
Em uma panela refogue a cebola picada no azeite por 2 minutos. 
Adicione o arroz e refogue rapidamente. Coloque o vinho branco e deixe evaporar um pouco o líquido. Aos poucos, acrescente o caldo de frango para ir cozinhando o arroz aos poucos. 
Esprema os limões em um recipiente e coe o suco. Pique o queijo minas em pequenos cubos. Adicione o suco dos limões, o queijo e o sal após ter colocado o resto do caldo de frango. 
No momento de servir, coloque uma colher bem cheia de sobremesa do queijo mascarpone e 2 colheres de manteiga gelada para dar brilho. 
Por último, coloque o queijo ralado por cima. Acerte o sal se necessário. 
Abraços 
Renato